Asma

Terapia recomendada:

Não se recomenda a um asmático ingerir aspirina, já que pode ser alérgico.

Além dos itens anteriores, recomenda-se:

1Multi-vitaminas e minerais,

2Própolis de abelha

3Sumo de Aloe Vera

4Vitamina C

5. Esfregar o peito e as costas várias vezes por dia com uma mistura de Ioção balsâmica de Aloe misturada com eucalipto, adicionando o Aloe activador e o gel de Aloe Vera. Isso acalmará os efeitos da asma. Adicionar a essa mistura um pouco de mel e ingerir várias vezes por dia.

6Alho

7Beta-caroteno

9. Manter-se tranquilo emocionalmente. O stress e o nervosismo propiciam a asma.

10. Praticar relaxamento muscular e fazer uma respiração lenta e profunda

11. Fazer também exercícios ao ar livre.

A ASMA é uma enfermidade que se caracteriza por episódios de dificuldade respiratória, acompanhados por uma sensação de sufocamento, devido a um estreitamento geral das vias respiratórias dentro dos pulmões, além de provocar uma frequente e violenta tosse, que tem a finalidade de expulsar a mucosidade acumulada nos pulmões.

O estreitamento das vias respiratórias deve-se a três factores principais:

1. O músculo bronquial ao redor de cada via respiratória se contrai ocasionando um sufocamento ou espasmo, o que impede que se possa respirar com desenvoltura;

2. Acumulo de mucosidade nos conduto aéreos;

3. Inflamação dos revestimentos bronquiais ou uma combinação dos três itens.

Recomenda-se ler o livro: “O que há de verdadeiro sobre a asma”, por Donald J. Lane o Anthony Storr – ed. Edamex.

Sintomas:

Os sintomas são: opressão no peito, tosse e dificuldade para respirar, tendo que auxiliar-se, em alguns casos graves, com bronco-dilatadores e oxigénio extra.

 Causas:

As causas são: alergias, ar contaminado, infecção respiratória, stress e ansiedade, os quais podem produzir um espasmo (contracção involuntária) dos músculos que rodeiam os brônquios,não permitindo a entrada de ar nos pulmões.

Hábitos recomendados:

1. Manter um ambiente familiar e de trabalho adequados, já que o stress e a tensão emocional influem muito sobre a asma.

2. Procurar permanecer tranquilo e num lugar ventilado.

3. Ingerir muito líquido, já que isso afrouxa a mucosidade nos pulmões.

4. Pôr água bem quente numa vasilha e despejar uma colher de loção balsâmica de Aloe Vera misturada com eucalipto.

5. Cobrir a cabeça e a vasilha com uma toalha e respirar os vapores. isto afrouxa o muco e dilata os brônquios.

6. Além disso, recomenda-se fazer uma mistura de loção balsâmica de Aloe com eucalipto, gel de Aloe e extracto activador de Aloe, e com essa mistura esfregar o peito e as costas, para que o efeito da Aloe desinflame e ajude na penetração do eucalipto, que é um óptimo bronco-dilatador. Logo após, ajunte a esta mistura um pouco de mel de colmeia e tome várias vezes por dia, sobretudo quando se apresenta um ataque de asma.

7. Ingerir própolis de abelha, com o fim de prevenir e eliminar quaisquer Infecções pulmonares, as quais são muito comuns na asma.

8. Já que uma das causas da asma são as alergias, e a Aloe Vera é muito anti-alérgica  é recomendável que se tome várias vezes por dia durante os ataques agudos.

9. Relaxamento: é de grande ajuda que o asmático aprenda a relaxar, já que isto será benéfico na hora que ocorrer um ataque de asma. A tensão aumenta a contracção dos músculos do peito, trazendo mais dificuldade para respirar. Recomenda-se também a prática de ioga para este fim.

10. A respiração lenta e profunda é muito benéfica e deve ser praticada junto com os exercícios de relaxamento.

11. O exercício é muito importante, principalmente a natação, por que esta ajuda muito as crianças o os jovens a fortalecerem os músculos da caixa torácica, trazendo assim uma boa oxigenação aos pulmões.

É conveniente observar a alimentação por duas razões:

A. Pode haver algum alimento ao qual se é alérgico, devendo este ser eliminado da dieta.

B. O peso excessivo torna a respiração da pessoa mais difícil, além de requerer maior oxigenação do sangue.